Inhibit inhibitions or creativity without worries

 (Texto em Português depois deste)

Is it intuitive?

Inhibit their inhibitions allows musicians to create without worrying about what they’re creating.

For Limb  ““What we think is happening is when you’re telling your own musical story, you’re shutting down impulses that might impede the flow of novel ideas.”

How is that musician done this?

-Like many other experienced improvisators claim, they only begin to play.

It is intuitive. 

To Amanda Martinez these musicians do not always know how to improvise. They had to learn. So the question remains:

How can a skill, which in its truest form is innate, be learned?

Until points business creators can learn from the improvisation of a jazz musician?

On an article on Seedmagazine we can read “watch a musician at the height of a solo improvisation can be like watching an act of divine intervention. But embedded memories and conspiracies of regions of the brain, scientists now believe, are the real source of creativity. ”

Some of the experiences of Neurology reported in the article above make me think that the memories we have in our brain are in fact the main reason of our creative capacity, however its use in favor of creativity requires learning.

An apprenticeship is not that easy if there is an environment where there is place for experimentation and to the error and where it can accumulate information capable of powering a diversified knowledge source of combinations whose result is something new.

For example, jazz musicians have found new ways to play their instruments, new ways to establish connections and similarly the writers and poets have found new phrases or new verses. These new shapes are the result of absorption of other songs and other phrases that they combine differently.

When in an organization the amount absorbed information is relevant enough to be combined creativity emerges from the simplest ideas until key ideas in more complex processes.

The diversity of stimuli that a social network provides and the nature of their connections create a climate of heterogeneity impressive.

This enables the installation of a rich communication process similar to the challenge of various musicians in jazz or poets in songs.

What we can learn from the musicians and writers is that knowledge is crucial for creativity and that this is only visible when there is a

state of inhibition of rules and inhibition of fears.

And between many other things we can learn from the musicians and writers is that passion, besides being the main driver of creation, is also the painter of documents we create.

Being sure that knowledge is important, it is no less true that creativity is the soul of business!

Do you want to comment?

 

 

Inibir as inibições ou criatividade sem preocupações

É intuitivo?

Inibir as suas inibições permite aos músicos criar sem se preocuparem com o que estão a criar.

Para Limb  “O que nós pensamos que está acontecer é, quando alguém está a contar a sua própria história musical, esse alguém está a desligar impulsos que possam impedir o fluxo de ideias novas”

Como é que os músicos fazem isso?

– Como muitos outros improvisadores experientes afirmam, eles apenas começam a tocar. É intuitivo.

Para Amanda Martinez esses músicos nem sempre sabem como improvisar. Eles tiveram que aprender. Portanto, a questão permanece:

Como pode uma habilidade, que na sua forma mais verdadeira é inata, ser aprendida?

Até que pontos os criadores de negócios podem aprender com o improviso de um músico de jazz?

Num artigo de Seedmagazine podemos ler “Assistir a um músico no auge de uma improvisação a solo pode ser como assistir a um acto de intervenção divina. Mas as memórias embutidas e conspirações de regiões do cérebro, os cientistas acreditam agora, são a verdadeira fonte de criatividade ad hoc.”

Algumas das experiências de neurologia relatadas no artigo referido atrás, fazem-me pensar que as memórias que temos no nosso cérebro são de facto a razão principal da nossa capacidade criativa, contudo a sua utilização a favor da criatividade requer aprendizagem.

Uma aprendizagem que não é fácil se não existir um ambiente onde haja lugar à experimentação e ao erro e onde se possa acumular informação capaz de alimentar um conhecimento diversificado fonte de combinações cujo resultado é algo de novo.

Por exemplo, os músicos de jazz têm encontrado novas formas de tocar os seus instrumentos, novas maneiras de estabelecer ligações e da mesma forma os escritores e poetas têm encontrado novas frases ou novos versos. Essas novas formas resultam de uma absorção de outras músicas e outras frases que eles combinam de forma diferente.

Quando numa organização a quantidade de informação absorvida é suficientemente relevante para ser combinada a criatividade emerge desde as ideias mais simples até às ideias chave em processos mais complexos.

A diversidade de estímulos que uma rede social proporciona e a natureza das suas conexões criam um clima de heterogeneidade impressionante. Possibilita a instalação de um processo de comunicação rico semelhante ao desafio de vários músicos em jazz ou de poetas em cantigas.

O que nós podemos aprender com os músicos e com os escritores é que o conhecimento é fundamental para a criatividade e que esta só é visível quando existe um estado de inibição de regras e de inibição de medos.

E ente muitas outras coisas que podemos aprender com os músicos e escritores é que a paixão, para além de ser o principal condutor da criação, é também a pintora dos originais que criamos.

Sendo certo que o conhecimento é importante, não é menos verdade que a criatividade é a alma do negócio!

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: