Culture and the climate for creativity

(Texto em Português depois deste) 

 

Culture and the climate for creativity

Another way

With some regular reading and a little observation we can come to the conclusion that for many problems, the solution can be achieved through the routine, incrementally or analysis processes.

However it is often necessary to resort to other processes, such as intuitive solutions, creative, not incremental and even radical.

The resolution of analytical problems or incremental is a systematic process of working that part of a particular problem for a given solution. This involves defining the problem and a set of appropriate operations to solve the problem, but depending on the description of this and its implementation is limited to a small number of people.

The problem that the problem stated creates often exists when the solution does not fit the stated objectives.

Then we have to look the other way!

When an organization is committed to solving problems, but for which the department cannot respond, we must drop their horizon and develop a culture of creativity.

Maybe Apple is the exception, but in the business world today, the product cycles are becoming shorter and shorter. For organizations to keep pace with demand, they have to be fast and be awake, have to be innovative and constantly adapt to new market.

The need to develop a culture of creativity becomes a reality, but it is not easy to achieve. In fact what is intended is that the visible result can be an abundance of ideas supported by a solid structure.

The culture has to do with the maintenance of convictions, meanings and beliefs in an organization and that are deeply ingrained. If we make the analogy with an iceberg culture represents the submerged part.

But for people to develop creativity, they must work in environments where it manifests inspiring and a cozy atmosphere.

It is the manifestation of climate patterns and behavioral practices that are grounded in culture.

When the strategic vision is shared, there is provided a policy framework that serves as a compass, but when employees are provided a GPS your creativity boils down to turn on and off any one switch.

A deep motivation to generate ideas and pass these to the final product is a result of the tracks and forces that constitute the organizational climate.

Organizations must provide their employees with freedom and sense of responsibility. When an organization provides time to be creative is to develop a climate of creativity.

People, who feel challenged, feel that there is a place to stretch personal boundaries, develop latent talents and explore new possibilities, living a climate of creativity.

People who have a smile, that look like a fun way to experiment and make jokes about that unexpected things are placed in a climate of creativity.

Organizations that invest in a climate of creativity create conditions for dealing with risk and develop an environment of trust. People know they are not punished for failing, when they are involved in activities of experimentation, which is crucial in the journey of ideas.

People who live a climate of creativity are in constant conflict of ideas which provides new opportunities and widening the scope of knowledge.

This attitude of provoked curiosity produces energy and promotes debate.

 

                                                   

Cultura e clima de criatividade

Um outro caminho

 

Com alguma leitura regular e um pouco de observação nós podemos chegar à conclusão que, para muitos problemas, a solução pode ser alcançada através da rotina, de forma incremental ou por processos de análise.

Contudo muitas vezes é necessário recorrer a outros processos, tais como soluções intuitivas, criativas, não incrementais e mesmo radicais.

A resolução de problemas analíticos ou incremental é um processo sistemático de trabalho que parte de um determinado problema para uma determinada solução. Isto envolve uma definição do problema e um conjunto de operações adequadas para resolver o problema, mas dependentes da descrição deste e a sua execução está limitada a um número restrito de pessoas.

O problema que o problema enunciado cria muitas vezes existe quando a solução encontrada não se encaixa nos objectivos definidos.

Aí temos de procurar outro caminho!

Quando uma organização está empenhada na resolução de problemas, mas para os quais os departamentos não conseguem dar resposta, tem de largar os seus horizonte e desenvolver uma cultura de criatividade.

Talvez a Apple seja a excepção, mas no mundo dos negócios de hoje, os ciclos de produtos tornam-se cada vez mais curtos. Para as organizações acompanharem a demanda, têm que ser rápidas e estar despertas, tem que ser inovadoras e adaptar-se constantemente ao novo mercado.

A necessidade de desenvolver uma cultura de criatividade passa a ser uma realidade, mas que não é fácil de se atingir. Na verdade o que se pretende é que o resultado visível possa ser uma abundância de ideias suportada por uma estrutura sólida.

A cultura tem a ver com a manutenção de convicções, significados e crenças, numa organização e que estão profundamente enraizados. Se fizermos a analogia com um iceberg a cultura representa a parte submersa.

Mas, para as pessoas desenvolverem criatividade elas devem trabalhar em ambientes inspiradores e onde se manifesta um clima acolhedor.

Esse clima é a manifestação de padrões e práticas comportamentais que estão alicerçados na cultura.

Quando a visão estratégica é compartilhada, é fornecido um quadro de orientação que serve de bússola, mas quando aos colaboradores é fornecido um GPS a sua criatividade resume-se a ligar e desligar um qualquer interruptor.

A motivação profunda para a geração de ideias e passar destas ao produto final é resultado das pistas e forças que constituem o clima organizacional.

As organizações devem fornecer aos seus colaboradores com liberdade e sentido de responsabilidade. Quando uma organização disponibiliza tempo para se ser criativo está a desenvolver um clima de criatividade.

As pessoas que se sentem desafiadas, que sentem que existe um lugar para estender os limites pessoais, desenvolver talentos latentes e explorar novas possibilidades, vivem um clima de criatividade.

As pessoas que apresentam um sorriso nos lábios, que encaram a diversão como uma forma de experimentação e que contam piadas sobre coisas inesperadas, estão inseridas num clima de criatividade.

As organizações que investem num clima de criatividade, criam condições para enfrentar o risco e desenvolvem um ambiente de confiança. As pessoas sabem que não são punidas por falhar, quando estão envolvidas em actividades de experimentação, que é fundamental no trajecto das ideias.

As pessoas que vivem um clima de criatividade estão em constante conflito de ideias o que proporciona novas oportunidades e alarga o âmbito de conhecimento.

 Esta atitude de curiosidade provocada produz energia e promove o debate.

There are no comments on this post.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: